Linguagem

Longa-metragem

Ficção

Em desenvolvimento

Clarice

Brasil, 1975. Clarice Herzog, 34, vice-presidente de uma agência de publicidade, se desdobra entre os papéis de profissional, mãe e esposa de Vladimir Herzog, diretor de jornalismo da TV Cultura. Em pleno regime militar, a perseguição aos dissidentes e à imprensa avança e não demora a chegar a Vlado, crítico dos desmandos do governo. Vlado é intimado e se apresenta ao órgão de inteligência do regime. Horas depois, o comunicado oficial: ele teria se suicidado na cela do DOI-CODI. A mentira é evidente e reverbera em todo o país. Clarice é então obrigada a enfrentar o luto, sustentar a família sozinha e ajudar os filhos a atravessarem a dor da perda do pai. Ainda assim, toma coragem para se lançar numa arriscada busca por Justiça: em plena vigência do AI-5, decide mover uma ação contra o Estado brasileiro, acusando-o de ser responsável pela tortura e assassinato de seu marido.

Navegue

Premiações

Seleção Oficial
Cine Pitching
Segundo Lugar - Melhor Roteiro
Prêmio Cabíria de Roteiro

Galeria